Comunicação Integrada: o que é e quais as características

Como a convergência entre publicidade, jornalismo e relações públicas ajudam no marketing?

Podemos definir como comunicação integrada todo o tipo de estratégia usada por uma marca para atingir seu mercado-alvo. A comunicação integrada deve conseguir interação com esse público através dos mais variados tipos de canais. 

A comunicação integrada deve envolver a mensagem (o que deve ser dito), o meio (onde deve ser dito) e o destino (a quem a mensagem está chegando).

Saindo do âmbito da teoria, você pode estar se perguntando: uma estratégia de comunicação integrada sempre funciona, mesmo sem um grande orçamento para investir?

Sim. A comunicação integrada propõe a junção das áreas de Relações, Públicas, Jornalismo e Publicidade, trabalhando em conjunto para divulgar marcas, produtos e serviços. 

Integrar as atividades de comunicação dependerá muito da experiência da empresa, setor e orçamento. Se um plano de marketing tiver um orçamento enorme, é possível alcançar o mercado-alvo com um mix promocional que inclui anúncios de Internet, TV, e outros.

Entretanto, é normal que a maioria das empresas tenha que promover seus negócios sem gastar muito. Então, a comunicação integrada propõe uma série de estratégias de divulgação que vai muito além de simplesmente pagar por campanhas caras.

Como funciona uma estratégia de comunicação integrada?

Qualquer estratégia de comunicação integrada deve ter três princípios básicos:

Alinhamento da marca

Qualquer que seja o canal de marketing escolhido, ele tem de ter relação com a marca. Por exemplo, se uma marca vende games, ela precisa criar relacionamentos com jornalistas, influenciadores e outros profissionais que estejam engajados nesse nicho.

Alinhamento do cliente

Neste aspecto, ainda vale a regra mais antiga do marketing: "esteja onde seus clientes já estão". Escolha os canais em que seus consumidores já estão ativos. 

Por exemplo, se uma marca tem como alvo os millenials, deve anunciar em plataformas de mídia social como o Instagram. A TV e Facebook provavelmente não funcionarão. 

Alinhamento do orçamento

É natural pensar que os canais de marketing devem caber no orçamento da empresa. As redes sociais, os influenciadores e jornalistas podem ajudar muito na obtenção de uma sólida divulgação, sem grandes investimentos financeiros. 

Quais as etapas de uma estratégia de comunicação integrada?

A partir dos princípios citados, a estratégia de comunicação integrada deve ser elaborada da seguinte forma:

Entenda seu público profundamente

Parece óbvio, mas não há como não mencionar que, antes de criar um plano estratégico de comunicação, você precisa conhecer seu público-alvo.

É fundamental entender as dores, as necessidades e características do público.

Os insights expostos pelo consumidor são cruciais para criar mensagens de marketing com as quais essa persona queira realmente se relacionar.

Defina sua Proposta de Venda Única (USP, Unique Selling Proposition)
Sua USP é a base de qualquer plano de comunicação integrada. A USP deve refletir-se em todas as mensagens que a marca envia em qualquer canal de comunicação, seja para relações públicas, vendas ou marketing de conteúdo.

Uma USP bem definida garantirá que as mensagens da marca sejam claras, consistentes e reconhecíveis. 

Determine seu mix de comunicação

O mix de comunicação é a combinação de canais que se usa para alcançar clientes em potencial.

Um mix de marketing pode incluir:

  • publicidade online no Google Ads, Facebook, YouTube, etc
  • publicidade offline em mídia impressa, TV ou rádio
  • marketing direto
  • venda pessoal
  • eventos
  • patrocínios
  • marketing de conteúdo
  • promoção de vendas 

Trabalhe com branding

O branding é uma parte vital da estratégia de comunicação integrada. Falando de maneira simples, o branding inclui dois pontos principais: 

No nível mais básico, a marca deve ter uma aparência consistente em todos os seus materiais de marketing online e offline.

Em um nível mais profundo, a marca é a identidade principal da empresa. É sobre o que a empresa representa e o que ela quer que as pessoas reconheçam nela. 

Por exemplo, a marca Apple tem tudo a ver com tecnologia de ponta, sendo que essa tecnologia também é extremamente popular e fácil de operar. 

Esse tipo de identidade deve fazer parte de toda comunicação de marketing que a organização divulga.

Estabeleça métricas de sucesso

É necessário também planejar o conjunto certo de métricas de sucesso para todos os canais de comunicação.

Por exemplo, o sucesso da marca em Relações Públicas pode ser medido por uma série de resultados, desde o reconhecimento da marca até as vendas. Aqui estão algumas dessas métricas:

  • número de menções em diferentes canais e blogs
  • número de visitas ou inscrições em sites 
  • número de backlinks adquiridos
  • visitas a sites provindas de compartilhamentos em mídia social
  • o número de leads ou vendas que podem ser atribuídos às atividades de Relações Públicas

Enfim, o número de estratégias de comunicação é bastante extenso, ainda mais considerando que o espaço da Internet não para de proporcionar novidades e alternativas de interação com as pessoas. 

Continue seguindo nosso blog e saiba tudo sobre marketing e comunicação.

Compartilhe esta notícia

  • Escola de Comunicações e Artes

    Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
    A Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo ou (ECA-USP) é uma instituição pública de ensino superior localizada na cidade de São Paulo. Como parte da Universidade de São Paulo (USP), é considerada uma unidade de ensino, pesquisa e extensão. A ECA foi fundada em 15 de junho de 1966, e hoje é formada por oito departamentos. Oferece 21 cursos de graduação, sendo 13 deles da área de Artes e 8 voltados às comunicações.

Contato

(11) 3091-1584

(11) 3091-1584

  • endereço: Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Cidade Universitária CEP 05508-020 – São Paulo

  • email: [email protected]

Siga-nos