Entenda como é o comportamento do consumidor na Internet

Devido à explosão do comércio na Internet, ou e-commerce, os hábitos de compra dos consumidores mudaram drasticamente nos últimos anos.

Rompendo o monopólio que as lojas físicas tinham antigamente, as compras online estão rapidamente se tornando o modo preferido de compra de consumidores em todo o mundo.

Na União Europeia, 71% dos usuários da Internet compraram online em 2019, conforme a pesquisa realizada pelo Eurostat

Nos EUA, o estudo The Future of Retail 2019 revela que todas as decisões de compra se resumem a dois fatores: conveniência e conexão. 

Isso quer dizer que, não se trata apenas de criar uma experiência perfeita na loja online . O consumidor busca o que pode haver de melhor tanto nas plataformas online, como nas lojas físicas, para obter uma conexão mais profunda capaz de influenciar sua decisão de compra.

O que mudou no comportamento do consumidor online?

A Internet é o fator determinante por trás da mudança no comportamento do consumidor. Ela trouxe a experiência de compra ao alcance de nossos dedos, através de computadores e dispositivos móveis. Isso mudou muito a forma como os clientes se relacionam com o ato de comprar.

No e-commerce, os consumidores não precisam mais sair de casa e nem ter hora certa para adquirir o que querem. Este e diversos outros fatores podem explicar a nova realidade do varejo global. 

Conheça então alguns dos pontos mais importantes para entender o que mudou no comportamento do consumidor na Internet:

Os clientes buscam experiências mais personalizadas

Hoje, o consumidor online espera uma experiência personalizada, que seja consistente, independentemente do dispositivo que usem para suas compras, ou mesmo em que estágio do processo de compra eles estejam.

O grande desafio para os varejistas é ter de oferecer constantemente experiências cada vez melhores para motivar os clientes.

As empresas estão fazendo isso através da criação de experiências omnichannel personalizadas, agregadas à distribuição de conteúdo relevante.

O objetivo é envolver e engajar os consumidores em todas as etapas que possam envolver um processo de compra.

O Smartphone revolucionou o e-commerce

Embora a capacidade de pesquisar e comprar on-line já exista há algum tempo, os dispositivos móveis modificaram ainda mais o comércio eletrônico.

Isso ocorre porque através do Smartphone os compradores podem usar o dispositivo a qualquer momento do ciclo de vendas.

Um estudo americano de 2018 da Forrester Retail Best Practices: Mobile Web, descobriu que os dispositivos móveis foram responsáveis por mais de um terço do total das vendas no varejo dos EUA. 

Os consumidores usam os dispositivos móveis de várias maneiras diferentes ao longo do ciclo de vendas, como para:

  • Descobrir novos produtos
  • Localizar produtos e comparar preços
  • Criar e gerenciar listas de compras
  • Fazer compras
  • Avaliar suas compras

Fazer compras tornou-se uma atividade social

Quando empresas criam ótimas experiências de compra, as pessoas querem compartilhar essa experiência com outras. 

O marketing nas redes sociais facilitou este tipo de atividade, e transformou o ato de comprar em uma atividade social.

Além disso, os consumidores confiam nas opiniões de outras pessoas para orientar suas decisões de compra. 

Através da Internet, eles têm acesso imediato a essas avaliações. Por meio das mídias sociais, qualquer pessoa pode influenciar positiva ou negativamente uma marca. 

Na verdade, as plataformas sociais e os sites de reclamações e reviews renovaram o conceito de publicidade boca a boca.

Uma pesquisa sobre avaliações online de 2018 da empresa de software ReviewTrackers, revelou que 64% das pessoas consultam as análises online no Google antes de fazer uma compra.

E, não importa para os consumidores que essas avaliações sejam de estranhos. Eles confiam mais nas críticas anônimas do que naquilo que as próprias marcas dizem. 

É por estas razões que agora os consumidores, e não as marcas, são mais responsáveis por moldar a percepção de produtos e serviços.

Estes são apenas alguns pontos a se destacar na enorme mudança que temos visto no comportamento de consumo atual. 

Continue seguindo nosso blog e tenha acesso aos mais recentes insights sobre marketing e comunicação.

Compartilhe esta notícia

  • Escola de Comunicações e Artes

    Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
    A Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo ou (ECA-USP) é uma instituição pública de ensino superior localizada na cidade de São Paulo. Como parte da Universidade de São Paulo (USP), é considerada uma unidade de ensino, pesquisa e extensão. A ECA foi fundada em 15 de junho de 1966, e hoje é formada por oito departamentos. Oferece 21 cursos de graduação, sendo 13 deles da área de Artes e 8 voltados às comunicações.

Contato

(11) 3091-1584

(11) 3091-1584

  • endereço: Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Cidade Universitária CEP 05508-020 – São Paulo

  • email: [email protected]

Siga-nos